logotipo-gol-linhas-aereas
Gol: linhas aéreas inteligentes, já o site...

Em plena tarde de um sábado chuvoso, minha tia e meu tio pediram-me para ver os valores da passagens aéreas para Recife no site da Gol e ver se tinha alguma promoção para comprarem as passagens no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Sim…eles estavam com medo de efetuar uma compra pela Internet, pois seria a 1ª vez. Não fiquem sorrindo, pois esta é uma ação que ainda aterroriza muita gente no Brasil e no mundo, em especial pessoas mais velhas. Muitas empresas ainda não superaram esse desafio de transmitir segurança e credibilidade ao seu público-alvo.

Após alguns minutos de explicação e uma simulação de compra (cheia de dificuldades, por sinal) no site, eles decidiram que fariam a compra on-line, pois já tinham visto o quanto a Internet, de fato, poderia ajudá-los a economizar tempo e dinheiro neste tipo de atividade. Seguimos o processo de compra das passagens aéreas no site da Gol:

  1. Selecionamos a origem e o destino, as datas e os tipos e a quantidade de passageiros;
  2. Escolhemos os horários, o vôo e a classe que eles viajariam de acordo com os valores desejados;
  3. Preenchemos os formulários com os dados dos passageiros: minha tia e minha prima (7 anos);

Até que meu tio, justamente no momento de confirmar a aquisição das passagens, me faz a seguinte pergunta:

Ué…não tem como escolher os lugares delas antes de efetuar a compra? Como que vou garantir que elas estarão juntas? Vou ter de pagar pra ver?

Pronto…fiquei sem resposta. Até hoje, sempre que viajei, fiz a compra das minhas passagens sozinho e pela Internet. O que nunca me gerou este tipo de indagação em pleno processo de compra, pois era só escolher minha poltrona e pronto. Mas e aí, Gol, como garantir que uma criança estará junto de seu responsável no vôo? Fui atrás da resposta no site e nada…não a encontrei. Se existe, está bem escondida e não tem fácil acesso, já que ela não aparece justo na hora em que este tipo de pergunta é feita.

Sim…meu tio decidiu não comprar mais a passagem pela Internet e, com os preços em mãos, preferiu seguir seu 1º plano: pegar estrada até o aeroporto, mesmo com o tempo chuvoso, para comprar as benditas passagens. Olha a volta (e o perigo) causado por uma simples pergunta não respondida! 🙄

Mesmo depois de tantas passagens vendidas pela Internet em todos esses anos, será que uma empresa de aviação não tem tecnologia e capacidade suficientes para prever este tipo ação em seu proprio negocio? Imagino eu que indo até o aeroporto ele poderá escolher o lugar em que minha tia e minha prima poderão viajar antes de pagar pelas passagens…ou não? 😯

Provavelmente, isso deve acontecer nos sites de outras companhias aéreas, mas preferi nem ver para evitar mais uma frustração no meu final de semana, mesmo porquê meu tio escolheu comprar as passagens aéreas com a Gol por causa do preço, já que antes fizemos toda a comparação diretamente no site das companhias, que, diga-se de passagem, possuem aplicações bem confusas para efetuar este tipo de tarefa (cotação de preços).

Como não poderia deixar de ser, solicitei à minha tia que ela tivesse atenção em todo o processo de compra off-line, feito diretamente no aeroporto, e que verificasse se todas as perguntas feitas aqui seriam respondidas para podermos compará-lo melhor ao processo de compra on-line.

Aí vai uma dica às empresas de aviação, até mesmo às que são de outros ramos: avaliem, detalhadamente, os mais variados casos e tipos de pergunta para que o seu processo de compras, em ambos os ambientes, seja realmente efetivo e que te auxiliem numa conversão. As perguntas feitas no mundo on-line e off-line, devem ser respondidas em ambos os ambientes de forma clara e rápida! Desse jeito, não adiantará lançar boas promoções, estar bem posicionados nos sites de busca e enviar belos e-mails convocando seu público-alvo.

Bem…desejo uma boa viagem aos meus tios e à minha prima para que eles possam ir e voltar do aeroporto tranquilamente e com segurança…e que a Gol, possa respondê-los numa boa. Sim…eu pedi à minha tia que fizesse essas perguntas lá. Tomara que essas observações cheguem até o seu destino e que a Gol possa ajudar os seus clientes e prospects o mais rápido possível! 🙂

Update: Vejam o que aconteceu no aeroporto…

No aeroporto, funcionários da Gol explicaram que meus tios pagariam mais caro se fossem comprar no local, e sugeriram que eles comprassem as passagens pela Internet, confirmando, em seguida, que eles só poderiam escolher as poltronas para viajar após a finalização do processo de compra (pela Internet). Para a sorte dos meus tios, os funcionários da Gol foram gentis e informaram que o vôo desejado possuía muitos lugares e que meus tios poderiam ficar tranquilos, pois vários estavam disponíveis. Ou seja, não dá nem para ter uma previsão em tempo real de como está a lotação do vôo antes da efetivação da compra. Algo tão simples e viável para uma empresa do porte da Gol. Que feio, hein?! Mais um site burro na Internet… 😥

Tags: , , , ,